Carregando...

Black Friday – Saiba como realizar as suas compras com segurança

Durante o período de Black Friday, muitas ofertas irresistíveis aparecem na internet. Afinal, é o momento em que as lojas oferecem os seus produtos com os melhores preços, ou seja, aproveitando para fazer a famosa “queima de estoque”. 

Entretanto, os períodos de compra como este também são alvo de pessoas mal intencionadas, que criam sites falsos com anúncios chamativos para roubar informações pessoais e bancárias dos consumidores. 

Em alguns casos, estes oportunistas da Black Friday até realizam imitações de lojas e-commerce famosas. Com isso, os clientes não desconfiam e realizam a compra achando que estão no site oficial. Para evitar problemas assim, separamos algumas dicas.

Imagem do (Google)

Black Friday: Entenda como o termo desta data de descontos especiais se iniciou no mundo 

Neste ano de 2021, a Black Friday vai acontecer no dia 26 de novembro. No entanto, este termo foi utilizado pela primeira vez nos Estados Unidos, no dia 24 de setembro de 1869, e representava um assunto bem diferente do de hoje. 

Na época, o termo era associado a calamidades, e surgiu quando dois acionistas tentaram tomar para si o mercado de ouro na Bolsa de New York City comprando grandes quantidades de ouro. Seus nomes eram James Fisk e Jay Gould. 

Por conta disso, o governo foi obrigado a intervir. Então, a Black Friday representou o momento em que a oferta da matéria-prima foi elevada e os preços diminuíram, o que resultou na perda da fortuna de muitos investidores na quebra da bolsa na sexta-feira. 

Na Black Friday, esteja atento a existência do cadeado de segurança HTTPS no site em que visita

Primeiramente, para saber se proteger de sites fraudulentos na Black Friday, é importante aprender sobre alguns dispositivos de segurança presentes na web. Um bom exemplo, é o cadeado HTTPS, responsável por indicar a segurança daquele endereço.

Para localizá-lo é bem simples. Basta por fim observar a barra de pesquisa onde fica o endereço do site. Ali, antes do “https”, ele deve aparecer com o desenho do cadeado fechado, assegurando a troca de dados. 

Porém, mesmo que o cadeado HTTPS seja um sinal de segurança, não é somente ele que deve ser levado em consideração para dizer que um site é seguro. Ainda existem outros detalhes que devem ser observados com atenção. 

Os selos de segurança também indicam se o site é legítimo para realizar as suas compras

Todos os sites que realizam a venda de produtos online, principalmente na Black Friday, e que necessitam utilizar informações bancárias costumam ter os selos de segurança, além do cadeado HTTPS. Dessa forma, eles devem ficar em lugares de fácil visibilidade. 

Comumente, os consumidores os encontram logo na parte superior ou inferior do site, no rodapé junto a outras informações úteis. Entre os certificados confiáveis, temos os que são do Norton Securit, McAfee, SiteLock e Certificado SSL. 

Para ter certeza de que os selos no site que você visita na Black Friday são verídicos, confira se eles são clicáveis. Os verdadeiros, vão te encaminhar para a página da empresa verificadora, confirmando a autenticidade do site.

Certifique-se se o site de ofertas na Black Friday tem domínio e URL suspeitos

Um dos métodos mais simples para verificar fraudes de sites na Black Friday também é um dos que as pessoas mais esquecem. No entanto, muitas vezes uma pequena verificada no formato da URL ou do domínio já podem indicar o problema. 

Sendo assim, esteja atento se na sua barra de pesquisa, o link do site possui erros de ortografia, letras duplicadas ou então muitos números ou letras repetidas. Por fim, também leia com atenção para saber se ele não está falsificando o endereço de uma loja conhecida.

Às vezes, as diferenças podem ser sutis como, por exemplo, um “subiimarino.com.br” ou então “amazom.com.br”. Outro indício são os domínios pouco comuns que terminam com “.net” ou “.biz”. Estes, são sinais que podem indicar falsificações. 

Conheça alguns endereços notificados pelo Procon-SP e um site que pode ajudar e identificar as fraudes online

Pensando em ajudar o consumidor durante a Black Friday, recentemente, o Procon-SP divulgou uma lista de 92 sites que os consumidores devem evitar ao realizar compras. Veja a seguir, alguns do que ainda constam no ar:

  • makroeletronicos.com;
  • donadona.com.br;
  • ciadaslentes.com.br;
  • modajoy.com.br;
  • netlens.com.br;
  • modatoi.com.br;
  • magazinefernando.com;
  • lojamassa.com.br;
  • shopextramais.com;
  • paradiseimports.com.br;
  • fiteletronicos.com.br;
  • lojasfoco.com.br;
  • atacadomania.com.br;
  • outletz.com.br;
  • livrariadoespirita.com.br;

Ainda existem muitos outros sites marcados na lista para orientar os clientes na Black Friday. Portanto, sempre utilize os métodos citados anteriormente para se certificar de que está realizando uma compra segura. Para mais dicas, visite a nossa página de Notícias!

Um site que pode auxiliar a identificar outros endereços fraudulentos é o WhoIs. Com ele, os consumidores conseguem identificar informações como quem é o responsável pelo registro do site bem como a idade do domínio.

Para utilizá-lo é bem simples. Basta acessar o endereço da ferramenta WhoIs e depois, copiar e colar o endereço (Link) do site que deseja analisar. Depois, confirmar o dispositivo de segurança e clicar em Ir. Em poucos segundos, as informações aparecem.