Tokens não fungíveis – Saiba o que são essas NFTs, como comprar e lucrar

Publicidade

Os Tokens não fungíveis (NFTs) em inglês recebem o nome de non-fungible token, e estão fazendo a diferença no mercado financeiro, movimentando altos valores para aqueles que compram, criam e vendem estes ativos. 

Descritos como ativos digitais, os NFTs já movimentaram em um período de oito meses, de janeiro a setembro de 2021, um valor de US$ 13,2 bilhões de dólares, segundo dados divulgados pelo site DappRadar. 

Publicidade

Neste conteúdo, vamos trazer mais informações sobre os Tokens não fungíveis e o que eles são. Suas vantagens, desvantagens e também, alguns exemplos que existem no mercado. Confira logo abaixo:

Imagem do (Google)

Tokens não fungíveis: O que eles são exatamente? 

Antes de entender o que são os Tokens não  fungíveis, é importante compreender o que os termos “token” e “fungível” significam de fato. Sendo assim, o token é a representação digital de um ativo. Ou seja, um dinheiro, propriedade ou objeto de valor. 

Este, é registrado por uma blockchain, uma tecnologia que nasceu no ano de 2008 com o bitcoin. Já em relação ao termo fungível, o Código Civil Brasileiro os define como aqueles que “podem substituir-se por outros da mesma espécie, qualidade e quantidade”.

Em outras palavras, os Tokens não fungíveis são considerados  como algo que não tem um valor definido como, por exemplo, uma obra de arte. Isso porque uma NFT é a representação de um item exclusivo, que pode ser algo digital ou físico.

Como são as NFTs na prática?  

De forma simples, podemos dizer que os Tokens não fungíveis nada mais são do que um certificado digital de propriedade, do qual a sua autenticidade pode ser vista e confirmada por qualquer pessoa. Porém, ela é inalterável. 

Publicidade

Isso acontece porque, em seu registro, há uma sequência de códigos que os identificam. Este registro, é feito em uma blockchain, que é um banco de dados públicos e imutável, através de um smart contract (contrato inteligente).

Em resumo, este é um processo elaborado que envolve a sua criação, programação e uma espécie de “hospedagem” na blockchain. Assim, eles se tornam únicos e imutáveis, com a sua autenticidade garantida. 

Quais tipos de coisas podem ser vistas como NFTs?

No mundo dos Tokens não fungíveis, basicamente qualquer coisa pode virar uma NFT. Ou seja, tanto uma música como quadros físicos e digitais, itens de um jogo, fotos,  domínios de sites, vídeos, redes sociais entre outros. 

Até mesmo um tuíte já foi comercializado como uma NFT. Isso foi no ano início do ano passado, quando o próprio presidente do Twitter vendeu o seu primeiro tuíte por um valor aproximado de US$2,9 milhões de dólares. Nele, dizia: “apenas configurando meu twttr”. 

Sendo assim, vários itens podem ser transformados em NFTs e serem comercializados no mercado financeiro. Porém, o seu valor sempre vai variar de acordo com o quanto o comprador está disposto a pagar, em relação com as suas características. 

Veja onde e como comprar os seus Tokens não fungíveis

Agora que você já entendeu os principais pontos sobre os Tokens não fungíveis, chegou a hora de saber onde encontrá-los e comprá-los. Veja a seguir, uma pequena lista de marketplaces especializadas nestas vendas:

  • OpenSea;
  • Rarible;
  • Solanart;
  • Binance NFT;
  • Foundation;
  • Nifty Gateway;
  • SuperRare;
  • 9Block (esta é brasileira);

O processo de compra dos Tokens não fungíveis é bem simples. Para isso, basta se cadastrar em alguma das plataformas que mencionamos logo acima. Além disso, você precisa ter fundos, ou seja, dinheiro disponível em criptomoedas para a compra da NFT.

Cada uma dessas empresas de marketplace das NFTs tem características próprias, o que faz com que elas aceitem ativos digitais diferentes. Na OpenSea, por exemplo, os processos são baseados na rede do Ethereum. 

Sendo assim, é preciso utilizar Ether ou os tokens Wrapped Ehter, USD Coin e Dai. De forma resumida, o usuário entra na plataforma, clica em explorar, seleciona o seu ativo e clique no botão “Compre agora”. Nesse momento, ocorre o vínculo com a carteira digital.

Baixe as plataformas, crie, compre, e venda no mercado das NFTs 

Para “criar” os seus Tokens não fungíveis em uma plataforma como a OpenSea, por exemplo, basta se conectar com a carteira de criptomoeda e subir o seu projeto, incluindo personalizações. Para saber de mais assuntos como este, visite a página de Aplicativos

No entanto, para isso, você precisa baixar a plataforma. Então, conecte o seu telefone a uma rede de internet e em seguida, abra a sua loja de aplicativos, que pode ser tanto a App Store bem como a Google Play Store. 

No menu, vá até o campo de pesquisa e digite o nome da plataforma que deseja baixar. Depois, verifique os resultados e, com tudo certo, clique em “Instalar”. O processo leva alguns segundos, e termina quando o ícone do app aparecer no seu celular. 

Publicidade